Luís Eduardo Magalhães, Barreiras e região
Número vivo: (77) 9-9874-7440
VIVO (WHATSAPP)
(77) 9-9874-7440

Curta nossa página

IBOTIRAMA-BA: Preço do quilo de feijão sobe e chega a quase R$10,00 reais em mercados.

86880080m
Colocar feijão na mesa todos os dias está cada vez mais difícil para os consumidores de Ibotirama, na região Oeste. Em menos de um mês, a alta do produto já chega a mais de 100% em boa parte dos comércios da cidade.
O quilo do alimento que antes chegou a custar R$ 2,50, agora é encontrado por R$ 7, R$ 7, 69, R$ 8,25 e até R$ 9,49. O preço assusta os consumidores, que na maioria das vezes compram em menor quantidade.
Uma empresária da cidade explica que a alta é resultado da baixa produção do feijão, o que diminui a oferta e aumenta a procura. A consequência disso é o aumento acentuado no preço.
De acordo com a comerciante, as notícias não são boas quando se trata da diminuição dos valores. A expectativa é de que o quilo de feijão só volte a custar mais barato no mês de maio, quando começa a safra.
Gazeta5
Compartilhar a postagem:

De olho na Bahia Farm Show, organizadores de outros eventos agrícolas se espalham no sucesso da feira baiana

Referência em organização e estrutura entre as feiras agrícolas do Matopiba, a Bahia Farm Show faz jus ao título de “maior vitrine do agronegócio” dos quatro estados que formam esta fronteira agrícola. O evento continua a atrair olhares e tem servido de inspiração para outros do setor. Com intuito de conhecer os bastidores e os preparativos da edição de 2019, organizadores da Feira de Santa Rosa, no Piauí, estiveram em Luís Eduardo Magalhães para visitar o complexo Bahia Farm Show. O grupo foi recebido pela coordenadora da Feira, Rosi Cerrato, e pelo representante da Assomiba, Olmiro Flores, que apresentaram toda estrutura e compartillharam informações sobre a 15ª edição da Bahia Farm Show, a ser realizada entre os dias 28 de maio a 1 de junho de 2019.

Ascom Aiba

Compartilhar a postagem:

Bolsonaro já criticou reforma da Previdência com 65 anos: ‘Falta de humanidade’

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse em 2017 que “aprovar uma reforma [da previdência] com 65 anos é, no mínimo, uma falta de humanidade”.

Nesta quinta-feira (14), no entanto, o presidente definiu que a nova reforma previdenciária estabelecerá idades mínimas de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens.

As declarações de 2017 foram dadas em um evento em Teresina (PI) logo após o então presidente Michel Temer (MDB-SP) apresentar o texto da reforma que previa idade mínima de 65 anos para o pedido de aposentadoria.

Folhapress

Compartilhar a postagem:

Na Bahia, placa Mercosul é fornecida por 04 fabricantes e 100 estampadores credenciados ao Denatran

Quando os veículos baianos circulavam somente com a placa cinza, o cidadão levava três horas, em média, para concluir o processo de emplacamento no Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Atualmente, com a obrigatoriedade da placa Mercosul para veículos novos e no caso de transferência, o tempo do serviço foi reduzido para uma hora e meia.

Para realizar o primeiro emplacamento, é preciso pagar a taxa de R$ 221,95 e solicitar a placa Mercosul, que vem com QR Code para rastreabilidade, em uma das empresas credenciadas ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Os preços variam entre R$195 e R$240. Quatro fabricantes da matéria prima e 100 estampadores estão aptos a operar na Bahia. Em seguida, a pessoa pode fazer a instalação da identificação do veículo no Detran ou por conta própria, já que o novo modelo não tem o lacre usado na placa cinza.

No caso de transferência de propriedade, a taxa custa R$ 208,40 e o veículo precisa passar por uma vistoria. No Detran, a avaliação eletrônica custa R$ 104,20 (carro) e R$72,94 (moto), enquanto nas empresas privadas o valor varia entre R$160 e R$ 180 para qualquer tipo de veículo.

Sobre os questionamentos feitos pelo Ministério Público, em relação ao número de empresas que fornecem as placas Mercosul no estado, o Detran afirma que tem prestado os esclarecimentos. “Todas as vezes que somos provocados para rebater supostas inconsistências no processo do novo emplacamento, vamos ao Ministério Público. O número de empresas cadastradas, em Brasília, para o fornecimento da placa Mercosul, tem correspondido à demanda, com previsão da chegada de mais empresas”, disse o diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes.

Detran-BA

Compartilhar a postagem:

Operação Sossego nasceu após “clamor da população”, diz Juiz Flávio Ferrari

A nossa reportagem conversou nesta quarta-feira, 13, com o titular da vara cível da comarca de Luís Eduardo Magalhães e responsável pelo juizado especial cível e criminal. O juiz Dr. Flavio Ferrari destacou a importância da operação Sossego realizada na cidade.

“Ela surge não por uma ideia prévia nossa, mas inicialmente pelo clamor da população por paz nas ruas de Luís Eduardo Magalhães”. Disse o Juiz.

Foto: Arquivo Ascom LEM

A operação Sossego é uma ação conjunta dos poderes Judiciário, prefeitura municipal através das secretarias de governo, meio ambiente, tributos e finanças, segurança e também as forças policiais (Policia Militar, CIPE-Cerrado e Polícia Civil).

Ferrari aproveitou para esclarecer que o intuito da operação não é acabar com o som, mas permitir que o som seja utilizado dentro da legislação municipal.

“É importante que isso fique bastante claro, o foco da operação não é acabar com o som como muitas pessoas estão comentando por aí, ao contrário, o foco da operação é permitir que o som venha a ser utilizado, mas dentro da legislação municipal”. disse.

Durante as abordagens realizadas na última semana a operação também conseguiu apreender dois carros clonados e um veículo com registro de roubo, mesmo não sendo o foco da operação.

“O foco da operação ela tem dois sentidos, um é o foco do poder judiciário, o judiciário está pra fazer cumprir a lei e existe uma lei municipal que estabelece que os bares, os restaurantes, as residências só podem utilizar som até o limite de 70 dB. Então com base nessa legislação municipal e na lei de contravenções penais que diz que é contravenção penal perturbar o sossego alheio, seja no desempenho da atividade profissional, seja em utilização de som ou derivados.” Disse Ferrari.

O Juiz estacou que a operação vem contribuindo para a diminuição de ocorrências policiais. “O impacto da operação nas ocorrências de segurança pública naquele final de semana ele foi muito grande, se diminuiu e muito as ocorrências que chegavam na polícia militar e que depois desaguava na polícia civil para realização das ocorrências”. Completou.

A operação sossego divide opiniões, alguns concordam e outros nem tanto, mas segundo Dr. Flávio Ferrari a operação deve continuar.

 

Blog do Jbnoticias.com.br/ Blog Douglas Batista

Compartilhar a postagem:

Stepan Nercessian é exonerado da presidência da Funarte; Miguel Proença é nomeado

Stepan Nercessian é exonerado da presidência da Funarte; Miguel Proença é nomeado

Foto: Divulgação

O ator e ex-deputado federal Stepan Nercessian (PPS) foi exonerado da presidência da Fundação Nacional das Artes (Funarte). O decreto, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, foi publicado no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (14). 

Para ocupar o lugar de Stepan, o governo federal nomeou Miguel Angelo Oronoz Proença, ex-secretário municipal de Cultura do Rio de Janeiro. 

BN

Compartilhar a postagem:

Secretaria da Educação do Estado debate regime de colaboração com os municípios


O regime de colaboração com os municípios foi a pauta de encontro do secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, e do subsecretário da pasta, Danilo Souza, com representantes da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME-BA), na quinta-feira (14), na sede da Secretaria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). A proposta é estreitar ainda mais o diálogo com os municípios baianos seja por meio da formação de professores ou do assessoramento técnico, visando a união de esforços para melhorar o processo de ensino e aprendizagem, de modo a garantir ao estudante o sucesso no seu percurso escolar, da Educação Infantil até o Ensino Médio.

O secretário Jerônimo destacou a importância da parceria com os dirigentes municipais de Educação. “Essa é uma relação necessária para a Educação estadual, porque todos os estudantes da nossa rede são oriundos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. Então, se a UNDIME faz um bom trabalho neste momento, nós vamos receber o estudante com uma qualidade diferenciada. Entendemos que essa aproximação foi para estreitar a parceria e o regime de cooperação, para, justamente, analisarmos o que podemos fazer de forma conjunta, de capacitação, material e articulação. E sempre, claro, respeitando a autonomia das Secretarias Municipais de Educação”, afirmou.

O presidente da UNDIME-BA e secretário de Educação do município de Elíso Medrado, Williams Panfile, falou sobre os desdobramentos da reunião. “Estamos muito felizes com este primeiro contato com o secretário Jerônimo, no sentindo de dialogar e se aproximar dos municípios, fortalecendo esse regime de colaboração, principalmente com os locais que precisam melhorar o ensino e a aprendizagem. Então, a reunião foi muito importante, porque demonstrou o interesse do Estado em fortalecer, ainda mais, esse regime de colaboração”, ressaltou.

Assessoria de Comunicação Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Compartilhar a postagem:

AÇÃO DO MP RETIRA NOVE CRIANÇAS QUE VIVIAM EMBAIXO DE PONTE EM BARREIRAS

Nove crianças moravam embaixo de uma ponte, em convívio com animais, bebidas alcoólicas, fezes e sujeira, às margens do Rio Grande e da BR 242, no município baiano de Barreiras. Uma delas, de apenas três anos, perdeu a perna direita ao ser atropelada nas mediações da ponte por um veículo de carga pesada, enquanto sua mãe lavava roupas no rio, no último mês de dezembro.
A situação, comunicada pelo Conselho Tutelar de Barreiras ao Ministério Público baiano, chamou a atenção do promotor de Justiça Márcio Guedes que visitou pessoalmente o local e, em razão da situação de vulnerabilidade constatada, ingressou com uma ação de suspensão do poder familiar de cinco crianças irmãs para que fossem retiradas do local e acolhidas temporariamente em um abrigo.
O juiz Ricardo Costa e Silva, atendeu o pedido do MP, e determinou a retirada dos cinco irmãos do local. A determinação foi cumprida na última sexta-feira, dia 8, com o apoio de policiais e bombeiros militares, conselheiros tutelares, assistentes sociais e psicólogos. Outras crianças que viviam no local também foram acolhidas e estão abrigadas no Lar de Emmanuel, que fica no município.A medida de suspensão do poder familiar, segundo a decisão do juiz, foi deferida com a finalidade de “resguardar a integridade física e psicológica das crianças”. Ele determinou, ainda, que o acolhimento fosse feito no Lar de Emmanuel e que as crianças estudem e recebam acompanhamento especializado.

Na manhã do dia 13, após cinco dias da ação de retirada das crianças do local, o promotor de Justiça Márcio Guedes visitou o abrigo que as acolheu para se cientificar da situação delas e encontrou as crianças bem vestidas e alimentadas, as maiores frequentando escolas e as menores recebendo as vacinas adequadas. “As crianças estão bem acolhidas, recebem a visita dos pais, e a tendência é que retornem para suas famílias, sob a condição de que não voltem a morar embaixo da ponte”, afirmou o promotor de Justiça.
De acordo com informações colhidas pelo Ministério Público, a família possui uma casa em um bairro da cidade, mas permanecia morando embaixo da ponte em virtude do imóvel “ser pequeno” e “para comercializar seus produtos (de limpeza) e receber doações” no local. Para que a condição das famílias também seja avaliada, o promotor Márcio Guedes encaminhará cópia do processo para a Promotoria de Justiça com atribuição na área da Cidadania. Segundo ele, mais de 20 pessoas ainda moram embaixo da ponte.
Redatora: Aline D’Eça MTb-BA 2594
Compartilhar a postagem:

BOMBEIROS BAIANOS QUE ATUARAM EM BRUMADINHO CHEGAM A SALVADOR

Os bombeiros baianos que atuaram no trabalho de resgate na tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, chegaram a Salvador na tarde desta quinta-feira (14). Eles foram recebidos pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Francisco Telles, e por familiares, na sede da corporação, na Barroquinha. No total, 31 bombeiros militares foram enviados da Bahia para Minas Gerais no dia 31 de janeiro.

Segundo o coronel Francisco Telles, a Bahia foi um dos estados com maior número de bombeiros especializados em situação de colapso a atuar no momento mais crítico das buscas. “Além da preparação por meio de cursos, esses bombeiros são colocados na experiência diária para que possam atuar da melhor forma em situações de extrema dificuldade. Tanto que a maioria deles são especialistas e são profissionais que atuam em várias partes do nosso estado. Encaminhamos os melhores bombeiros para oferecer a melhor ajuda possível”, afirmou.

O coronel ainda explicou que os bombeiros retornaram porque os trabalhos em Brumadinho não demandam auxilio de efetivo extra. “Como regra técnica, um bombeiro deve trabalhar cerca de 10 dias em um ambiente tão inóspito como aquele. Nesse momento, as máquinas passaram a cada vez mais fazer parte do processo. Fizemos uma análise técnica de que era o momento das forças que não são de Minas retornarem para os seus estados. Lá, fomos muito eficazes e tivemos oportunidade de entregar às famílias os seus entes queridos, para que pudessem ser enterrados”, esclareceu.

A força-tarefa baiana em Minas Gerais foi comandada pelo major Ramon Gabriel. Ele revelou que o trabalho do grupo foi orientado para a realização de busca e resgate em estruturas colapsadas. O trabalho especializado foi fundamental para garantir o sucesso da atuação nas buscas.

“Era um trabalho muito exaustivo e precisamos ter um controle mental muito grande para encarar aquele cenário de desastre. Em alguns momentos, para percorrer um trecho de dez metros, poderia levar de minutos a horas. Saímos de lá com o aprendizado fundamental sobre trabalhar integrado com outras forças de segurança. A característica deste evento coloca a Bahia num cenário de atuação de um time especializado e capacitado para atuar em uma tragédia dessa proporção”, revelou o major Ramon.

Os 31 bombeiros militares que atuaram na tragédia de Brumadinho agora terão 10 dias de folga e todos serão submetidos a uma série de exames para identificar possíveis contaminações. O cuidado é adotado pois o cenário da tragédia envolve o rejeito de minérios que têm alto potencial de contaminação. Durante o evento de recepção dos bombeiros, o comandante-geral ainda anunciou que alguns equipamentos de uso individual também serão substituídos.

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

Secom  – Secretaria de Comunicação Social – Governo da Bahia

Compartilhar a postagem:

Oito funcionários da Vale são presos em investigação sobre barragem de Brumadinho

Oito funcionários da Vale são presos em investigação sobre barragem de Brumadinho

Foto: Divulgação

Oito funcionários da Vale foram presos, na manhã desta sexta-feira (15), em investigação sobre a barragem de Brumadinho, em Minas Gerais.

Segundo o G1, a operação ocorre em Minas Gerais, São Paulo e no Rio de Janeiro. Foram presos quatro gerentes (dois deles, executivos) e quatro integrantes de áreas técnicas. São eles: Joaquim Pedro de Toledo, Renzo Albieri Guimarães Carvalho, Cristina Heloíza da Silva Malheiros, Artur Bastos Ribeiro, Alexandre de Paula Campanha, Marilene Christina Oliveira Lopes de Assis Araújo, Hélio Márcio Lopes da Cerqueira e Felipe Figueiredo Rocha.

De acordo com o Ministério Público, a ação visa “apurar responsabilidade criminal pelo rompimento de barragens existentes na Mina Córrego do Feijão, mantida pela empresa Vale, na cidade de Brumadinho”.

BN

Compartilhar a postagem:

Secretaria Municipal de Saúde oferece Terapias Integrativas aos pacientes do Programa de Fibromialgia em Barreiras

A tarde dessa quarta-feira (13) foi de meditação e relaxamento para os pacientes que fazem acompanhamento no Ambulatório do Programa de Fibromialgia da Secretaria de Saúde em Barreiras. A nova metodologia no atendimento, faz parte das terapias integrativas que compõem a rede do Sistema Único de Saúde (SUS), como procedimentos terapêuticos que auxiliam no tratamento de algumas síndromes.

Desde que foi aberto em agosto de 2017, o Ambulatório do Programa de Fibromialgia oferece atendimento diferenciado aos pacientes que sofrem com essa síndrome todas as quartas-feiras no Centro de Saúde Leonídia Ayres de Almeida, no bairro Morada Nobre, com o apoio dos profissionais de psicologia, nutrição, educação física, medicina reumatológica e medicina osteopática.

Comum em pessoas que sente dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidades nas articulações, nos músculos e até em tecidos moles, a Fibromialgia está diretamente ligada à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade. Pensando na contribuição que a prática das terapias, reiki e a meditação oferecem ao grupo, o terapeuta integrativo, Renilson Freitas Júnior, realiza técnicas de controle de respiração e da mente.

“Nossa mente muda quando damos comandos, assim, a meditação nesse processo com os pacientes de fibromialgia dará mais equilíbrio, porque além das dores que normalmente sentem devido à severidade da síndrome, também existem as consequências do mundo moderno, então, tudo isso prejudica o funcionamento do corpo. Na meditação, eles aprendem a esvaziar um pouco a mente e focar no bem estar e na saúde, e a resposta é o equilíbrio do corpo, da respiração, dos batimentos cardíacos e até hormonais. O exercício de esvaziar a mente é realizado com orientações direcionadas, música para relaxar e outras técnicas que diminui o excesso de pensamentos negativos”, explicou.

A moradora do Loteamento São Paulo, Selma Rodrigues, participa do grupo de Fibromialgia há três anos, e relata que tinha dificuldade em controlar a respiração devido fortes dores frequentes no quadril, agora no segundo encontro da prática da meditação, conseguiu controlar a respiração, o que aliviou um pouco suas dores.

“Antes dessas novas intervenções disponibilizadas pela Secretaria de Saúde, não conseguia controlar minha respiração e as minhas dores. Estou satisfeita com a atenção que estamos tendo, poder sentar e sentir meu quadril tocar no chão é maravilhoso”, disse.

De acordo com o secretário Anderson Vian, para participar do Programa de Fibromialgia, o paciente precisa ser encaminhado pela Atenção Básica após a consulta médica atestando a doença para o início do acompanhamento e tratamento.

“O SUS está reconhecendo essas terapias integrativas, como ações de promoção e intervenção à saúde, dessa forma, estamos inserindo essas novas metodologias na rede municipal de saúde, auxiliando a medicina clássica. Começamos com o grupo de Fibromialgia e estenderemos também para outros grupos alvos na rede de saúde no município, que precisam desse auxílio no tratamento das dores crônicas”, ressaltou.

Dircom

Compartilhar a postagem:

VENHA SE PROFISSIONALIZAR NA NIT CURSOS! TODOS OS CURSOS COM 50% DE DESCONTO!

Chegou sua vez de se capacitar com a NIT para o mercado de trabalho, aproveite nossa mega promoção anual TODOS OS CURSOS PELA METADE DO PREÇO e venha estudar na melhor. Corra que é por tempo limitado!
Clique no link de sua cidade e comece agora.
✅ LEM / BA: 👉 http://bit.ly/2MbYD2o
✅ Barreiras / BA: 👉 http://bit.ly/2vwVyzh

Compartilhar a postagem: