Luís Eduardo Magalhães, Barreiras e região
Número vivo: (77) 9-9874-7440
VIVO (WHATSAPP)
(77) 9-9874-7440

Curta nossa página

Secretaria de Meio Ambiente e Turismo orienta a população sobre disposição de esgoto de forma irregular em Barreiras

A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo, há cerca de um ano vem orientando e notificando os moradores que realizaram ligações clandestinas de esgoto às galerias de águas pluviais, conhecidas como boca de lobo, bem como o lançamento em via pública, derramamento ou contaminação por fossas mal construídas, em locais onde a rede coletora de esgoto já foi implantada.

A orientação é para que o cidadão não realize esgoto irregular e também denuncie esta prática prejudicial ao meio ambiente, devido à alta contaminação dos cursos d’agua e redução da qualidade dos recursos hídricos da comunidade. A secretaria vem intensificando a campanha nos últimos meses, em vários bairros.

“A Secretaria de Meio Ambiente reprime este tipo de prática e faz um apelo para que o cidadão não tome esta atitude, pois ela se configura como crime ambiental, ainda mais aqueles que já pagam pelo serviço de coleta sem utilizar. Ultimamente, a secretaria está recebendo diversas denúncias de pessoas que ligam as suas redes de esgoto diretamente nas galerias de águas pluviais ou até mesmo faz os despejos nas ruas” destacou o secretário de meio ambiente e turismo, Demósthenes Júnior.

Ainda segundo o secretário, aqueles que realizaram tais práticas devem desfazer para evitar o transtorno das penalidades previstas em leis. “Orientamos a população para quem estiver com essas ligações de rede de esgoto em águas pluviais e também lançamentos em ruas, que solucione o problema o quanto antes. Daremos o prazo para regularizar o passivo, porque depois de notificado e estaremos autuando com penalidades de multa. Também pedimos encarecidamente para a população, se identificarem algum despejo de água na rua, que denuncie a Secretaria, porque assim, tomaremos as devidas providências, haja vista que isso prejudica a população como um todo”, afirmou o secretário.

De acordo, a diretora de fiscalização e monitoramento ambiental, Marisa Rodrigues, a ligação de esgoto é determinada pela Lei Federal do Saneamento 11.445/2007. “Nós pedimos que a população tenha a consciência de que este é um serviço importante para o bem coletivo e que, nos bairros com rede já instalada, realizem a ligação a rede coletora”, diz.

A campanha de sensibilização dos moradores tem como objetivo, aumentar as ligações regulares a rede de esgotamento e prevenir a proliferação de doenças contagiosas, focos de mau cheiro, despoluição de rios e córregos.

Em caso de denúncias, qualquer cidadão pode ligar para o telefone: 3612-9600

Dircom

Compartilhar a postagem: